Energia-Matéria e a terapia Ascension

Home / Artigos / Energia-Matéria e a terapia Ascension

Energia-Matéria e a terapia Ascension

Frequentemente ouço as pessoas a porem em causa as terapias energéticas, pelo facto de estas trabalharem com energia, contrariamente à medicina tradicional que trabalha com matéria dita objetiva e concreta.

Este posicionamento das pessoas só pode decorrer do desconhecimento do que é o ser humano enquanto ser biológico e bioenergético.

Senão vejamos, nada acontece na natureza sem uma troca de energia: não há imagens, sons, sabores nem cheiros no mundo, há apenas vários tipos de ondas e moléculas. As sensações são portanto construções “virtuais” criadas pelo cérebro. Os órgãos dos sentidos começam este extraordinário processo de transformação convertendo os estímulos as ondas de luz ou o toque de certas moléculas, em sinais elétricos que são transportados para as áreas do cérebro dedicadas a lidar com esse tipo de informação. Alguns estímulos têm também origem no resto do corpo e, apesar de alguns serem experimentados conscientemente, muitos permanecem inconscientes.

Cerca de 80% das informações recebidas pelo nosso cérebro chegam através da visão. Os olhos recebem a luz e as células fotorreceptoras que captam a luz transformam essa energia luminosa em impulsos nervosos que chegam ao cérebro, ao córtex cerebral, para serem interpretados, permitindo reconstruir as distâncias, cores, movimentos e formas dos objetos que nos rodeiam.

O som é uma forma de energia, assim como o calor e a luz. Ele propaga-se pelo ar, pelas águas e pelos objetos. Quando é produzido, faz com que minúsculas moléculas do ar, da água ou de outro material vibrem ou balancem de um lado para outro.

O cheiro das coisas é propagado pelo ar em pequenas partículas. As moléculas de cheiro que ficam dissolvidas no ar entram pelas fossas nasais, e atingem as células olfactivas que mandam impulsos para o sistema nervoso, onde as sensações olfactivas serão interpretadas e produzidas.

É por meio do tato que conseguimos perceber vibrações e toques. A nossa pele está repleta de macanoceptores responsáveis por detetarem vibrações, toques, pressão e temperatura que são interpretadas pelo cérebro como dor, calor, frio, pressão etc.

Para continuar a ler este artigo clique aqui. Será redirecionado para o site Nauzero

LEAVE A COMMENT

All fields are mandatory.